Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
WORKSHOP

Corredores Logísticos Estratégicos Workshop: Minério de Ferro

Publicado: Quinta, 13 de Julho de 2017, 15h56 | Última atualização em Sexta, 14 de Julho de 2017, 12h08

06.07.2017 01Dando seqüência à série de publicações do projeto “Corredores Logísticos Estratégicos” a Secretaria de Política e Integração - SPI reuniu no dia 06.07.2017 especialistas e dirigentes do setor de transportes para participar de mais um workshop, desta vez referente ao complexo de minério de ferro.

A gestão por meio de corredores estratégicos possibilita uma avaliação abrangente e integrada das rotas de escoamento e suas áreas de influência desde as zonas produtoras até as regiões consumidoras e os portos de exportação, considerando as características do sistema de transportes e de logística, com foco na integração modal.

O projeto, realizado em parceria com órgãos de governo e sociedade, está sendo consolidado pelos técnicos do Departamento de Política e Planejamento Integrado - DPI e visa realizar o mapeamento e o diagnóstico dos corredores logísticos por onde circulam os principais produtos da economia do país.

A primeira etapa do projeto contemplou o diagnóstico e análise das rotas de escoamento do complexo de milho e soja, cujo relatório pode ser acessado por meio do link:

http://portaldaestrategia.transportes.gov.br/corredores-log%C3%ADsticos-estrat%C3%A9gicos.html

06.07.2017 02Para este segundo volume, objeto de discussão durante o workshop, está em desenvolvimento a análise das principais rotas de escoamento do complexo de minério de ferro, seja para exportação ou para consumo interno.

O Workshop teve como objetivo, a partir da integração das diversas esferas de governo e da sociedade civil, realizar discussões e complementar as informações levantadas no projeto, por meio de uma dinâmica aberta, interativa e voltada para obter a visão dos setores público e privado.

Participaram do encontro representantes das instituições de governo MTPAC, MME, EPL, DNPM, DNIT, VALEC, ANTT, ANTAQ, IPEA e representantes da sociedade IBRAM, SINDIFER, CNT, VALE, ANTF, ANUT e ABRALOG.

Fim do conteúdo da página