Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
SEGURANÇA VIÁRIA

PRF realiza em Brasília audiência pública sobre propostas para redução de mortes e lesões no trânsito

Publicado: Quarta, 30 de Maio de 2018, 17h29 | Última atualização em Quarta, 13 de Junho de 2018, 17h33

 

01 e1526500653847

 

Evento promoveu o debate sobre o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS) e ocorreu no Centro de Convenções do órgão.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) promoveu no dia 16 de maio, mais uma audiência pública sobre o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS). A reunião ocorreu no Centro de Convenções da PRF, em Brasília, e contou com a participação de órgãos de trânsito e representantes da sociedade civil e instituições envolvidas com a temática trânsito.

Além do diretor-geral da PRF Renato Dias, participaram do encontro o diretor de Política de Planejamento Integrado do Ministério dos Transportes, Eimair Bottega Ebeling; o superintendente da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), José Altair Gomes Benites; o diretor-geral do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício Alves Pereira; o deputado Luiz Gonzaga Patriota (PSB-PE); o coronel adido policial da Polícia Nacional do Peru, Eduardo D. Recavarren Ramirez; o coordenador-geral de operações da PRF, Antônio Vital; e o superintendente da PRF no Distrito Federal, Vandervaldo Gonçalves Lima.

Segundo o diretor, a PRF tem se empenhado para fortalecer as relações com todos os órgãos que compõe o sistema nacional de trânsito como Dnit e ANTT. “A Direção-Geral da PRF tem apoiado todas as áreas do órgão para que possam avançar nas parcerias e a assessoria internacional tem feito esse trabalho com competência de estreitar relações e trocar experiências com outros órgãos policiais da América do Sul e de outros continentes”, destacou Renato Dias.

A PRF, por meio da Coordenação-Geral de Operações, realizou uma audiência pública em cada região do país. “Essa audiência de hoje é um encerramento desse ciclo das cinco grandes audiências no país. O grande ganho externo é promover essa oportunidade de trazer experiência da sociedade através de pessoas que foram afetadas diretamente por algum acidente que vitimou um familiar. E essas pessoas com espírito de grandeza de servir ao seu irmão, estão doando tempo da sua vida nessa luta junto com os órgãos que tem por obrigação promover a segurança viária” disse Renato Dias.

Fim do conteúdo da página