Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Publicado: Quinta, 02 de Janeiro de 2014, 12h53 | Última atualização em Segunda, 15 de Agosto de 2016, 16h40

Em 12 de maio de 2011 (Decreto 7.478) a Presidência da República criou a Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Competitividade – CGDC, “com o objetivo de formular políticas e medidas específicas destinadas à racionalização do uso dos recursos públicos, ao controle e aperfeiçoamento da gestão pública, bem como de coordenar e articular sua implementação, com vistas à melhoria dos padrões de eficiência, eficácia, efetividade, transparência e qualidade da gestão pública e dos serviços prestados ao cidadão, no âmbito do Poder Executivo”.

CONSOLIDACAOMAPAAA

O Ministério dos Transportes, atendendo uma demanda natural de aperfeiçoamento da gestão, criou um Comitê de Planejamento Estratégico – PE/MT, por meio da Portaria Ministerial nº 94, de 18 de maio de 2011, com a missão de implantar o planejamento estratégico desta Pasta. O Comitê tinha como principais atribuições o levantamento e análise de abordagens e experiências em planejamento estratégico e apresentar relatório contendo uma proposta detalhada do processo de planejamento estratégico a ser adotado pelo Ministério dos Transportes.

 Na 2ª. Reunião Ordinária da Câmara de Política

Em dezembro de 2011, durante reunião na Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Competitividade – CGDC, o Ministério dos Transportes apresentou as linhas gerais de um projeto que reafirmava a necessidade de adotar a gestão estratégica para reforçar a governança do Sistema.s de Gestão, Desempenho e Competitividade – CGDC, realizada em 19/08/2011, o Ministério dos Transportes foi considerado uma das prioridades da frente Gestão – Melhoria de Desempenho.

A iniciativa do Ministério dos Transportes, adotada no conjunto das prioridades da CGDC, recebeu a indicação do Movimento Brasil Competitivo – MBC, como parceiro estratégico para implantar o Programa Modernizando a Gestão Pública no Ministério dos Transportes – PMGP/MT.

Em maio de 2012, a Fase I do trabalho teve início com a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério dos Transportes e o Movimento Brasil Competitivo - MBC, sem ônus financeiros para o MT, com o objetivo de apoiar a modernização da gestão por meio do desenvolvimento de um processo estruturado de administração estratégica e de gestão por resultados. Suas principais etapas foram:

• Construção de uma Agenda de Gestão – Elaboração de um plano estratégico com ações priorizadas a partir da interpretação e confirmação dos principais desafios e objetivos do sistema transportes, expressos no PNLT, PPA e PAC;

Alinhamento das Secretarias e Órgãos - Explicitação das contribuições e responsabilidades de cada uma das partes que compõem o Ministério dos Transportes, na execução do plano;

Aprimoramento da capacidade de execução e gestão de iniciativas - Estabelecimento de um processo de elaboração, detalhamento, priorização e gestão das ações executivas;

Implementação de um processo de acompanhamento e gestão - Estruturação de uma rotina de acompanhamento e gestão do plano desenhado, bem como, um processo de retroalimentação do próprio plano;

• Capacitação - Capacitação dos dirigentes e das equipes diretamente envolvidas no projeto para a utilização das metodologias e ferramentas apresentadas

acompanhamentodecompetePara apoiar sua evolução e crescimento, o Ministério dos Transportes escolheu o Balance Scorecard - BSC como ferramenta para traduzir, gerenciar e alinhar sua estratégia. A elaboração do BSC no Ministério dos Transportes, suas vinculadas e secretarias, contou com a participação de um amplo time de líderes bem como de diversos colaboradores das unidades da instituição.

Com a adoção do Planejamento Estratégico Institucional, o MT orientou sua atuação para atingir objetivos, cumprir metas e executar ações, com o propósito de buscar a missão e alcançar a visão institucional. Nesse cenário, os objetivos e as ações das unidades administrativas do MT e das vinculadas estão progressivamente se alinhando aos objetivos organizacionais, criando sinergia no alcance dos resultados planejados.

O Escritório de Gestão Estratégica – EGE foi inaugurado em 2013, conforme contemplado no Acordo de Cooperação Técnica Nº16/2013 e institucionalizado em duas portarias Ministeriais Nº159 e 262.

A 2ª Fase do Programa Modernizando a Gestão Pública-PMGP teve como foco tangibilizar os resultados declarados ao longo do processo de planejamento. Objeto da fase inicial se traduz em agenda de gestão para viabilizar a execução do planejamento Institucional pelo Ministério dos Transportes e pelas entidades vinculadas, para o período de 2013-2015.

 

REUNIAODEACOMPANHAMENTOA equipe do PMGP-MT desenvolveu Plano de Trabalho para acompanhar a execução das estratégias definidas. Destacam-se as seguintes ações:

Priorização de indicadores e iniciativas estratégicas, constantes dos Mapas Estratégicos das Entidades Vinculadas (DNIT, VALEC, ANTT e EPL) e dos Painéis de Contribuição das Secretarias do MT, que são acompanhados rotineiramente;

Reuniões de Acompanhamento da Estratégia - RAE – reuniões entre o Ministro dos Transportes, Secretários da Pasta e líderes das Entidades Vinculadas, para acompanhamento das iniciativas estratégicas e dos indicadores priorizados e discussão de temas do Mapa Estratégico do Sistema Transportes. Ao adotar essa agenda de gestão, o Ministério dos Transportes busca implementar o Planejamento Estratégico em suas unidades internas e nas entidades vinculadas.

Atualmente o Programa encontra-se em sua Fase II, que tem como foco a execução da estratégia para o período de 2013-2015 do Sistema Transportes, entendido como reunião das unidades internas do Ministério dos Transportes e suas Entidades Vinculadas.

Em 24/09/2013, sob o desafio de alcançar as metas preceituadas pelo Mapa Estratégico do Sistema Transportes, o ministro dos Transportes, secretários do órgão e gestores das vinculadas (DNIT, ANTT, VALEC e EPL) reuniram-se para o lançamento da Fase II do Programa Modernizando a Gestão Pública-PMGP.

Durante o evento, assistido por mais de 90 líderes, vice-líderes e coordenadores do sistema de Transportes, os gestores apresentaram os principais resultados a serem alcançados nos próximos dois anos pelas entidades vinculadas e unidades do MT. Esse compromisso ficou definido como Acordo de Resultados.

Os indicadores, metas e iniciativas estratégicas estabelecidas no âmbito do MT e vinculadas são acompanhados periodicamente, por meio das Reuniões de Acompanhamento da Estratégia (RAE), coordenadas pelo Ministro dos Transportes. Esse fórum configura-se como oportunidade de debater dificuldades, avaliar sinergias e buscar soluções conjuntas.

encontrolideres

Nos meses de outubro e novembro de 2013 aconteceram as primeiras RAE’s (Reuniões de Acompanhamento da Estratégia), nas quais o Sr. Ministro e os demais líderes discutiram a evolução das iniciativas, indicadores e metas definidos no Planejamento Estratégico.

Ao longo de janeiro de 2014, o Ministro dos Transportes reuniu-se com as diretorias de todas as vinculadas, a fim de conhecer e negociar as metas para o ano corrente. O resultado dessas reuniões foi consolidado no Plano de Metas 2014 do Sistema Transportes, que também será acompanhado em reuniões específicas e nas RAE’s.

O Plano de Metas é, portanto, uma forma de o Ministério dos Transportes reafirmar compromissos com suas vinculadas e secretarias em torno das principais realizações e iniciativas a serem implementadas ao longo de 2014.

Ao adotar essa Agenda de Gestão, o Ministério dos Transportes procura viabilizar a execução do Planejamento Estratégico em suas unidades internas e nas entidades vinculadas, com a realização de reuniões de trabalho com foco em resultados efetivos para a sociedade, buscando atingir nossa visão que é de “atuar e ser reconhecido como agente indutor do desenvolvimento sustentável brasileiro pela oferta de uma infraestrutura e serviços de transportes com padrões internacionais de excelência”.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página