Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Perguntas frequentes
Início do conteúdo da página

Perguntas frequentes

Publicado: Quarta, 23 de Outubro de 2013, 19h35 | Última atualização em Segunda, 15 de Agosto de 2016, 16h35

Nesta seção são divulgadas as perguntas frequentes sobre o Planejamento Estratégico do Sistema Transportes e ações no âmbito de sua competência.

O que é o Programa Modernizando a Gestão Pública (PMGP)?

É uma iniciativa do Ministério dos Transportes que busca reforçar a governança do Sistema Transportes. Ela se concretizou por meio de um Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério dos Transportes e o Movimento Brasil Competitivo - MBC, sem ônus financeiros para o MT. O principal objetivo é a modernização da gestão por meio do desenvolvimento de um processo estruturado de administração estratégica e de gestão por resultados.

Como esse Programa se desenvolveu?

O PMGP foi desenvolvido em etapas, das quais podemos destacar:

• Construção de uma Agenda de Gestão – Elaboração de um plano estratégico com ações priorizadas a partir da interpretação e confirmação dos principais desafios e objetivos do sistema transportes, expressos no PNLT, PPA e PAC;

• Alinhamento das Secretarias e Órgãos - Explicitação das contribuições e responsabilidades de cada uma das partes que compõem o Ministério dos Transportes, na execução do plano;

• Aprimoramento da capacidade de execução e gestão de iniciativas - Estabelecimento de um processo de elaboração, detalhamento, priorização e gestão das ações executivas;

• Implementação de um processo de acompanhamento e gestão - Estruturação de uma rotina de acompanhamento e gestão do plano desenhado, bem como, um processo de retroalimentação do próprio plano.

• Capacitação - Capacitação dos dirigentes e das equipes diretamente envolvidas no projeto para a utilização das metodologias e ferramentas apresentadas.

O resultado final foi o Mapa Estratégico do Sistema Transportes com a estratégia para os próximos anos.

O que é Planejamento Estratégico?

Planejamento Estratégico é uma metodologia gerencial que permite estabelecer um norte, um rumo a ser trilhado pela organização, visando maior grau de interação como o seu ambiente, estabelecendo objetivos e metas, com o propósito de se atingir um determinado resultado.

É o processo pelo qual a organização mobiliza-se para atingir o sucesso e construir o seu futuro, por meio de um comportamento pró-ativo, considerando seu ambiente atual e futuro (Larán, 2001).

Procura responder a questões básicas como: por que a organização existe, o que ela faz e como faz. O resultado do processo é um plano que serve para guiar a ação organizacional por um prazo de três a cinco anos.

Qual a importância de um Planejamento Estratégico?

O planejamento estratégico é importante para uma organização, pois permite que ela idealize um futuro (fins), e programe-se para que o mesmo seja alcançado, identificando o que precisa ser feito e como deve ser feito (meios) para realizar sua meta. Não é uma técnica de adivinhar o futuro, mas uma forma de construí-lo. Tentar evitar ao máximo as surpresas, racionalizar o processo de tomada de decisões, visando garantir o sucesso da Organização em seu ambiente futuro.

Quais as vantagens de um Planejamento Estratégico?

Muitas são as vantagens e benefícios de se adotar o Planejamento Estratégico. Podemos citar alguns como:

  • Agiliza decisões;
  • Melhora a comunicação;
  • Aumenta a capacidade gerencial para tomar decisões;
  • Promove uma consciência coletiva;
  • Proporciona uma visão de conjunto;
  • Direção única para todos;

O que é o Mapa Estratégico?

Mapa estratégico é uma representação visual da história da estratégia, que evidencia os desafios que a instituição terá que superar para concretizar sua missão e visão de futuro.

O mapa é estruturado por meio de objetivos estratégicos distribuídos nas perspectivas do negócio, interligados por relações de causa-efeito.

Considerando as especificidades da Administração Pública, bem com a realidade do Sistema Transportes, foram delineadas três perspectivas:

  • Organização Interna;
  • Foco de Atuação;
  • Resultados

Como o Mapa Estratégico foi elaborado?

No processo de construção do Mapa Estratégico foram observadas as seguintes etapas:

•             Análise de documentos de planejamento existentes: foram analisados os aspectos e delimitações legais (Lei 10.233/01, Lei 10.683/03, Decreto 7.717/12, Regimento Interno); o PNLT, PPA, PAC, PNTH (Diretrizes da Política Nacional de Transporte Hidroviário); Indicadores existentes;

•             Realização de entrevista sobre os principais desafios do sistema para o futuro: entrevistas internas com líderes e vice-líderes e externas com líderes das principais partes interessadas;

•             Oficinas de Validação: oficinas de validação do Mapa Estratégico com a equipe de Desenvolvimento, Equipe de Vice-líderes e Equipe de Líderes.

Imagem2

O que é Balanced Scorecard (BSC)?

É uma metodologia desenvolvida, em 1992, pelos professores Robert Kaplan e David Norton.   É uma sigla que pode ser traduzida como “Indicadores Balanceados de Desempenho”.

O termo se dá ao fato da escolha dos indicadores que irão avaliar o desempenho de uma organização não se restringirem unicamente ao enfoque econômico-financeiro, mas também a indicadores não financeiros como: desempenho junto à sociedade, processos internos, pessoas, inovação, tecnologia.

O BSC reflete o equilíbrio entre objetivos de curto e longo prazo, entre medidas financeiras e não-financeiras, entre a perspectiva interna e externa do desempenho.

Resumindo, é um modelo de gestão que auxilia as organizações a traduzir a estratégia em objetivos, medidas e metas, associa iniciativas a esses objetivos e alinha as unidades e pessoas em torno de metas organizacionais, facilitando, portanto, a compreensão e a implementação da estratégia. É uma ferramenta de apoio para acompanhar, monitorar e assegurar que os objetivos da estratégia da organização serão executados e alcançados.

Quais são os principais resultados que o MT deseja entregar à sociedade?

Os principais resultados a se atingir estão definidos no cumprimento de sua missão e o alcance da visão de futuro.

Missão: Dotar o país de infraestrutura viária adequada, garantir a operação racional e segura dos transportes de bens e pessoas, cooperar para o desenvolvimento socioeconômico e a integração nacional e sul-americana.

Visão: Atuar e ser reconhecido como agente indutor do desenvolvimento sustentável brasileiro pela oferta de uma infraestrutura e serviços de transportes com padrões internacionais de excelência.

 

Fim do conteúdo da página